Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

METRÓPOLIS

o homem esticou o braço
espreguiçou 
e levou um tiro



AFOITO

ganhou na loteria
sentou num sofá de três lugares
e teve uma inchação pulmonar até explodir



AR

Era falta de ar que ele tinha. Ela estando perto o ar dele faltava. Nem era junto, distancia de um metro. Era junto na mesma sala, mesmo galpão, mesma rua. Ele na ponta de baixo; bem miudinho, e ela na ponta de cima da rua. Assim já lhe bastava pra falta de ar. Ela enfiando uma mangueira na boca dele e chupando o ar. Ela inchando de tanto ar consumido. Ela crescendo, crescendo e vindo ao encontro dele. Ele sem ar, as mãos nos joelhos. Ele cansado e ela vindo... grande, acima de elefante. Grandona, acima de dinossauro. Elefante, dinossauro e ainda baleia em cima. Baleia das grandes. Baleia das jubartes. Das jubartes emitindo aquele som, aquele barulho que é o canto dela.  Um passo daquele podia quebrá-lo. Podia fraturar os ossos dele. Os fêmures estalando, as costelas, a cabeça. A cabeça estalaria e o cérebro nem se teria história. Ela vindo pisá-lo. Sem dúvida ela vinha pisá-lo. Ela vindo, vindo e puf. Ela vindo, nem olhando pra lugar nenhum. Ela maior do que as casas. Ela vindo maior…

IRMANDADE

a sombra é o nosso irmãozinho gêmeo 
que ao invés de nascer
resolvera viver à nossa própria sombra



Imagem
Palestra realizada nas festividades de 98 anos do Colégio SANTA SOFIA. Dia 15-09-2010.

SCHOPENHAUER

eu penso
penso muito...
e caio

ELA FICOU COM OS OLHOS PRO CHÃO

quando o homem perguntou se ela aceitaria o emprego ela ficou com os olhos pro chão com os olhos pro chão como se ali estivesse escrito sim ou não e ela tivesse que escolher entre uma das duas palavras como se o sim estivesse na cor verde e o não na cor vermelha e ela tivesse que escolher apertando um botão que fizesse uma das luzes piscar rapidamente  e rapidamente era o que o homem queria ele queria que ela se decidisse por uma resposta uma das duas luzes é pegar ou largar era a voz do homem dizendo ainda não sei porque esse medo de vocês mulheres por este serviço homem eu até entendo que não queira esse serviço homem até parece criatura bruta meio sem alma sem coração mas homem pra esse serviço não dá conta não sabe da tabela não sabe quantos dias são os sangramentos fica constrangido ele constrangido e a mulher a ser vistoriada também um constrangimento total mas se é mulher que executa o serviço o constrangimento diminui não é que acabe não acaba eu entendo muito bem que a situaç…