Credo


anciã pegou toco de vela
rezou alto
a ver se batia no ouvido do santo

― uns que sendo surdos, só apelando

a chama tremelicava de rajadas
cuspidinhas e bafejos
era a ladainha
as incelenças
novenas

quando a ver
já ia bem amanhecendo
até que a reza fez destino

aí a pouco foi nascendo um dente
atrás do outro

quem visse diria que tinha botado chapa

anciã ficou a ser besta
só rindo ao tudo

dentando o vento

(Imagem: Pinterest)

Postagens mais visitadas deste blog

Impulso

Suspiros

Paulo Gervais, Poeta.